Le Magazine Accor Hotels

Festa Julina pelo Brasil: 9 dicas para comemorar de casa

Veja dicas criativas da Accor para não deixar a data passar em branco!

Em julho ou junho, festa julina ou junina, sempre dá para comemorar o São João - até mesmo quando há uma pandemia para atrapalhar, não é mesmo?

Sem dúvida, essa é uma festas populares mais esperadas pelos brasileiros.

Com brincadeiras, comidas típicas, muita dança e forró, o que não falta é animação.

Pois é justamente isso que angustia o coração de tantos apaixonados pelos festejos.

Afinal, com a pandemia de coronavírus e a recomendação de evitar aglomerações e respeitar o distanciamento social, as homenagens a São João tiveram que ser adaptadas.

As festas deram lugar a celebrações virtuais ou restritas para quem mora na mesma casa.

Mas o fato do arraiá ter ficado diferente não tira seu encanto.

Então, nada impede que a data seja comemorada em segurança e seguindo todas as medidas preventivas, !

Quer descobrir outras formas de sentir aquele gostinho bão da quermesse em julho, com uma festa julina?

Temos dicas dicas especiais pro cê que adora essa festança!

Vem vê, vem!


Festa Julina 2020 como as festividades estão se adaptando a quarentena

Festa Julina 2020: como as festividades estão se adaptando à quarentena

Mesmo com grande parte das mais tradicionais festas juninas do Brasil proibidas de serem realizadas em razão da pandemia, muitas se adaptaram à quarentena.

E assim continua com as festas julinas.

Como não poderia deixar de ser, o brasileiro, mais uma vez, deu seu jeitinho de celebrar a tradição mesmo sem poder se reunir com os amigos.

Para isso, pensou em alternativas seguras para não deixar o clima tão gostoso de arraiá passar em branco.

Para evitar aglomerações e não prejudicar a celebração de ninguém, surgiram formas diferentes de comemorar.

Festas virtuais, lives com cantores de forró, drive thru junino e a venda de kits de festa pronta são apenas alguns exemplos.

Vamos falar mais sobre eles ao longo deste texto e, também, dar algumas sugestões para que possa curtir do seu jeitinho.


9 dicas para comemorar a festa julina de casa

9 dicas para comemorar a festa julina de casa

Que tal reinventar a festa julina e sentir o gostinho dessa grande festa sem sair de casa?

Separamos algumas dicas para que possa curtir um arraiá caseiro com as pessoas que moram com você.

1. Assistir as festas virtuais

Como as festas tiveram que se adaptar aos tempos de pandemia, a primeira sugestão é assistir aos arraiás online.

Até mesmo o maior São João do Mundo, realizado em Campina Grande (PB) ganhou sua edição virtual.

A tradicional festa paraibana preparou lives de 17 artistas, incluindo Elba Ramalho.

Mesmo sem a participação do público e respeitando as medidas preventivas determinadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), ela continua sendo uma festança e tanto.

Para assistir às lives clique aqui.

2. Criar o seu próprio arraiá em casa

Outra forma de comemorar uma das festas mais gostosas do país é programar um arraiá em casa.

Basta escolher um ambiente, decorar tudo com os símbolos de festa junina, como balões e bandeirinhas, e comprar ou preparar comidas típicas.

Para o cardápio, não pode faltar bolo de milho, paçoca, pé de moleque, pipoca e quentão (vinho quente que pode ser substituído por suco de uva para as crianças).

Depois, é só se caracterizar com trajes caipiras, caprichar em uma playlist de forró e curtir a festa como se não houvesse o amanhã.

Dá até para convidar os amigos ou parentes para participarem dela através de vídeochamadas.

Afinal, a tecnologia está aí para romper as distâncias e se tornou um precioso recurso em tempos de quarentena.

3. Dançar quadrilha como se ninguém estivesse olhando

A tradicional quadrilha é a dança típica da celebração.

Logo, também pode se tornar um jeitinho de comemorar em grande estilo.

Embora seja feita por casais caracterizados que seguem a uma coreografia já ensaiada, também dá para se embalar sozinho no improviso.

É só pesquisar uma playlist de festa junina no Spotify e dançar como se ninguém estivesse olhando.

4. Decorar a sua casa com itens juninos como balões, bandeirinhas, chapéu de palha

Fácil de fazer, a decoração junina pode ser improvisada com materiais que você já tem em casa.

Papéis coloridos ou retalhos de tecidos podem se transformar em bandeirinhas, enquanto aquele chapéu de palha esquecido no guarda-roupas fica sobre a mesa.

Balões de festa junina também são enfeites típicos na decoração de qualquer arraiá.

Outros itens que não podem faltar são: toalha xadrez, fogueira de mentirinha e docinhos típicos, como maçã do amor e pipoca, que também podem decorar o ambiente. 

5. Fazer brincadeiras típicas em casa

Para a diversão dos participantes dessa festa julina caseira, não podem faltar as famosas brincadeiras.

Bingo, cadeia, correio-elegante, jogo de argola e pescaria são alguns exemplos.

Todo mundo se diverte “demais da conta” com elas!

6. Ir até um drive-thru (ou comprar kits juninos com produtores locais)

Em algumas cidades do Brasil comunidades, paróquias e restaurantes estão oferecendo drive thru junino.

Já empreendedores locais, montando kits personalizados com comidas típicas de arraiá.

Alternativas interessantes e práticas para saborear as delícias da festa em sua própria casa.

Perfeitas para quem prefere comprar tudo pronto sem bagunçar a cozinha.

7. Ouvir músicas juninas como baião, forró, sertanejo ou xote

Baião, forró, sertanejo e xote são alguns dos gêneros musicais mais tocados em festas juninas e julinas.

É embalado ao som deles que os caipiras dançam a tradicional quadrilha.

Então, se o que prefere é fazer um arraiá em casa, você pode selecionar músicas desses gêneros para entrar no clima junino.

Já se estiver trabalhando, mas com saudade dessa festança, boa outra boa pedida é incluí-los em sua playlist para inspirar ainda mais a realização das tarefas cotidianas.

Como as músicas são animadas podem até dar mais alegria e disposição para o seu dia.

8. Preparar receitas típicas

Só de pensar em comidas típicas de festa junina, já dá água na boca, não é?

Irresistíveis que só elas, são ingredientes fundamentais para quem quer curtir o clima festivo sem sair de casa.

E cá entre nós: todo mundo ama e fica só esperando junho chegar para provar dessas delícias sem qualquer arrependimento!

Então, a oitava dica é ir para a cozinha e colocar a mão na massa para preparar algumas receitas clássicas da época.

Arroz doce, bolo de amendoim, bolo de fubá, doce de abóbora, milho verde cozido, pamonha, pinhão, pé de moleque e quentão são algumas sugestões de delícias que podem ser feitas em casa.

9. Vestir trajes de caipira

Por último, mas não menos importante, estão as roupas de festa junina.

Bem coloridas, com estampa xadrez ou floridas, elas devem ser tipicamente caipiras.

Calça jeans, camisa xadrez, chapéu de palha, vestidos coloridos e tranças no cabelo são algumas peças e acessórios que fazem parte do figurino.

Podem ser completados ainda com maquiagem para imitar sardas nas mulheres e bigodes nos homens.


Conheça nossos hotéis para as festividades de 2021

Conheça nossos hotéis para as festividades de 2021

Outra dica para entrar no clima junino é se hospedar em cidades nordestinas famosas por suas festas juninas.

Em tempos de pandemia, uma alternativa segura para curtir essa experiência diferente é optar por hotéis de marcas da ALL Accor.

Todos eles estão seguindo os mais altos padrões de higiene e segurança sanitária, de acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde e autoridades locais.

Então, é uma forma de unir o útil ao agradável: se hospedar com economia e em segurança para o seu bem-estar e de quem for viajar com você.

Não pretende viajar agora, mas quer conhecer as maiores festas juninas do país em 2021?

Aqui vai uma dica extra: planejar desde já a viagem do ano que vem, quando a pandemia passar e tudo melhorar.

Confira sete opções de cidades que contam com as melhores festas juninas do Brasil e hotéis mais próximos a elas:

1. Aracaju, Sergipe

Todos os anos o tradicional Forró Caju reúne um milhão de pessoas na praça de eventos Hilton Lopes.

A festa conta com comidas e músicas típicas, incluindo quase 200 shows com bandas e quadrilhas.

Já na orla de Atalaia é a vez do Arraial do Povo agitar multidões com shows de bandas de forró, concursos, quadrilhas e até orquestra.

Sugestões de hotéis em Aracaju:

2. Campina Grande, Paraíba

Campina Grande é a terra da maior festa de São João do mundo.

Não é à toa que a comemoração por lá se estende por um mês inteiro.

Com centenas de atrações no Parque do Povo, tem queima de fogos, shows, campeonato de quadrilhas, casamento coletivo e passeios de locomotiva temática.

Por noite, a festa reúne mais de 100 mil pessoas em noites de shows com as bandas mais famosas.

Uma experiência marcante para quem quer viajar para Paraíba.

Sugestões de hotéis em Campina Grande:

3. Caruaru, Pernambuco

Carinhosamente apelidada de Capital do Forró, a simpática cidadezinha de Caruaru também disputa o título de maior festa junina do mundo.

A festa é distribuída em seis polos, reunindo quase 500 shows, quadrilhas coletivas, forrós, festivais de comidas típicas e desfiles no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga.

Agora, uma boa pedida para entrar no clima junino de Pernambuco é se hospedar no Recife e esticar até Caruaru.

Afinal, na capital pernambucana tem também a famosa festa de São João da Capitá com uma intensa programação.

Sugestões de hotéis perto de Caruaru:

4. Mossoró, Rio Grande do Norte

A três horas de Natal, a pequena cidade de Mossoró também tem uma tradicional festa junina: a Mossoró Cidade Junina.

O arraiá envolve bloco junino, arrastando multidões com trios elétricos e várias atrações musicais e teatrais.

Sugestões de hotéis em Mossoró:

5. Salvador, Bahia

Mesmo sendo conhecida pelo Carnaval, Salvador muda de ritmo durante o mês de junho sem perder o clima festivo e a animação.

A capital baiana e mais vários outros municípios fazem uma extensa programação de shows e festejos de São João todos os anos.

Em Salvador, é no Pelourinho e no Subúrbio Ferroviário que a festa ganha vida com shows gratuitos.

Mas também é possível encontrar por toda a cidade intervenções artísticas.

Sugestões de hotéis em Salvador:

6. São Luís, Maranhão

Uma das lendas mais conhecidas do Brasil, o Bumba-Meu-Boi é o tema das comemorações juninas na capital do Maranhão.

A famosa tradição que vem lá do século 18 continua a arrastar multidões todos os anos em São Luís.

A festa começa sempre no Dia de Santo Antônio, 13 de junho, e vai até o Dia de São Marçal, 30 de junho.

Durante a celebração junina, grupos folclóricos saem nas ruas da cidade para contar a história do casal que precisou ressuscitar o animal que haviam abatido.

Com muita dança e música, é um espetáculo e tanto para toda a família.

Sugestões de hotéis em São Luís:

7. Teresina, Piauí

Um pouco menos conhecida do que as demais, a capital do Piauí também tem sua festa junina.

Em junho, ela se transforma na Cidade Junina e se torna palco de quase 200 mil pessoas.

Shows musicais, quadrilhas, apresentações de humor, casamento comunitário e comidas típicas são algumas de suas principais atrações.

Sugestões de hotéis em Teresina:

Conclusão

Consegue ouvir o ronco da sanfona de onde você está agora ou sentir o cheirinho doce das comidinhas típicas juninas?

Não deixe que essas lembranças fiquem apenas em sua imaginação.

Comemore a festa junina (e a festa julina) em grande estilo, tomando todos os cuidados necessários para proteger sua saúde e bem-estar.

Gostou das nossas dicas?

Se quiser entrar no clima de festa junina nas cidades dos melhores arraiás do Brasil, os hotéis Accor estão à sua disposição com todo o conforto, economia e proteção. 

Para começar a planejar sua viagem, clique aqui.


Você curtiu? Compartilhe!

Por aí

Mais ideias de viagens

Encontre seu destino perfeito

Com o Radar de Viagens

Descubra