Le Magazine Accor Hotels

O que é o St. Patrick’s Day:

história, tradições e curiosidades

Você já participou de algum evento alusivo ao St. Patrick’s Day? Essa comemoração originalmente irlandesa ganhou o mundo e, hoje, acontece até em alguns lugares do Brasil, sempre com muita cerveja e adereços verdes, a cor oficial da celebração. Mas como será que essa tradição surgiu e o que é típico nela? Ao longo do artigo, vamos apresentar todos os fatos e curiosidades sobre a data comemorativa que nos leva a um passeio pela Irlanda e seus encantos, mesmo sem nunca ter estado por lá. Acompanhe!

O que é St. Patrick’s Day?

O St. Patrick’s Day é uma festa da cultura da Irlanda que se expandiu para vários países do mundo a partir da imigração irlandesa. 

Ela acontece no dia 17 de março, data em que se lembra o aniversário de morte de São Patrício, o padroeiro do país europeu.

Atualmente, esse é o maior e mais festejado feriado da Irlanda.

Conheça a história do St. Patrick’s Day

Por incrível que pareça, a história do feriado mais famoso da Irlanda começa na Grã-Bretanha. 

Quer saber como? Vamos à história!

A vida de São Patrício

São Patrício, o símbolo irlandês, nasceu no século IV, na Inglaterra. 

A história conta que lá ele viveu até os 16 anos, com crenças e costumes pagãos. Inclusive, seu nome sequer era Patrício originalmente.

O que mudou o seu destino foi o fato de que foi raptado por piratas e vendido como escravo à Irlanda. 

Lá, ele viveu em cativeiro por 6 anos, quando começou a se aproximar da religião católica.

Porém, Patrício conseguiu fugir da prisão e voltar à Inglaterra, onde estudou por 12 anos em um mosteiro e acabou se tornando um bispo católico em 432.

Foi quando ganhou o nome de Patrício.

Sentindo um chamado divino para retornar à Irlanda e livrar o país do paganismo celta, Patrício voltou ao país que o prendeu para evangelizar os povos na doutrina católica. 

Lá, ele foi missionário durante 30 anos e se mudou para County Down, condado onde faleceu em 17 de março de 461.

A criação do feriado de St. Patrick’s Day

O Dia de São Patrício surgiu em 1903 como uma comemoração religiosa da vida desse homem santo. 

Ela acontecia sempre no dia 17 de março, aniversário da sua morte. 

Porém, a data caía sempre em meio à quaresma, que já é um período de restrições comportamentais aos fiéis católicos.

Para que a celebração não fosse ofuscada pelos sacrifícios da quaresma, a Igreja Católica suspendeu essas restrições na data, fazendo com que ela se tornasse um momento do povo irlandês comemorar com comida farta, músicas, festas e bebidas.

Mas a celebração como se conhece hoje ainda demoraria a acontecer.

Os tradicionais pubs não abriam nesse feriado e só foram participar ativamente dessa festa em 1970, muito estimulados pelas cervejarias locais.

Como é comemorado o St. Patrick’s Day?

Quando o assunto é comemorar o St. Patrick’s Day, a festa varia conforme o país que a sedia. 

Na Irlanda, berço da comemoração, são realizadas paradas de bandas e apresentações de artistas variados.

Também comidas e bebidas verdes são vendidas e a população sai massivamente para as ruas e pubs.

Quais são os símbolos da comemoração de St. Patrick's Day

Além da cor verde, existem alguns símbolos que se repetem ao longo da festa de St. Patrick’s Day. 

Conheça quais são os principais!

O trevo de três folhas

A planta já era considerada pelos povos nativos irlandeses (celtas) como um símbolo de boa sorte.

Por isso, conta a lenda que, para conseguir explicar a Santíssima Trindade aos pagãos, São Patrício usou o trevo como uma metáfora. 

Deus seria como o trevo de três folhas: uma unidade que se divide em Pai, Filho e Espírito Santo.

A cruz celta 

Para conseguir converter os povos celtas em católicos, Patrício precisou adotar a estratégia de adaptar símbolos.

Foi assim que a transição da religião aconteceu de maneira amistosa. 

Com esse objetivo, ele teria unido a cruz católica à cruz solar (de origem irlandesa) para criar a cruz celta, usada até hoje na festa de St. Patrick’s Day.

Os leprechauns

Na cultura celta, de onde surgiu o povo irlandês, os leprechauns são uma espécie de duendes bem humorados que consertavam os sapatos das fadas.

A festa de St. Patrick’s Day resgata essa figura do folclore irlandês como forma de relembrar a origem do povo.

O corned beef boiled

Esse prato de carne com repolho é considerado o oficial da data, preparado para combinar com os litros de cerveja que são consumidos.


Como a data é comemorada no mundo

Como a gente já destacou antes, o St. Patrick’s Day é comemorado pela comunidade irlandesa e seus simpatizantes por todo o mundo.

Isso acontece principalmente em países de língua inglesa, como o Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Austrália.

Veja como funciona a celebração ao redor do planeta.

St. Patrick’s Day nos Estados Unidos

Você sabia que o maior desfile de St. Patrick’s Day do mundo é em Nova Iorque? 

E essa festa tão grande tem um motivo histórico.

De 1845 a 1849, a Irlanda passou por um período muito sério de fome. 

Era uma época pré-globalização, onde a circulação de mercadorias e alimentos entre os países não era algo comum. 

Por isso, a população do país dependia muito dos nutrientes retirados do cultivo das batatas.

Porém, em 1845, uma doença se espalhou pelas plantações de batata, contaminando os alimentos. 

Isso teve consequências desastrosas para o país, causando mais de 1 milhão de mortes e levando mais 1 milhão de irlandeses a emigrarem. 

Boa parte dessas pessoas foi para o nordeste dos Estados Unidos, para cidades como Nova Iorque e Boston.

Assim, por conta da enorme comunidade irlandesa que existe por lá, a Big Apple passou a comemorar o St. Patrick’s Day em grande estilo, com cervejas verdes nos bares e desfiles. 


A data, porém, não configura um feriado nacional.

St. Patrick’s Day na Inglaterra

Na Inglaterra, outro país no qual a presença de irlandeses é muito forte, o St. Patrick’s Day é comemorado com festa no fim de semana próximo à data original. 

Na verdade, os imigrantes por lá comemoram desde o século XIX e o fazem com desfiles e festas em diversas cidades desde a Segunda Guerra Mundial.

Durante as décadas de 70 a 90, conflitos militares entre a Irlanda e a Inglaterra fizeram com que a celebração fosse feita apenas no âmbito familiar. 

Porém, ao final dos anos 90, terminado o conflito, o público voltou a festejar o St. Patrick’s Day nas ruas.

Em Londres, capital da Inglaterra, há 18 anos acontece a St. Patrick’s Day Parade em março, saindo de Green Park, na Piccadilly, e caminhando até a Trafalgar Square. 

Ela conta com bandas, grupos de dança e apresentações variadas celebrando a cultura irlandesa.

Chegando na Trafalgar Square, o desfile se junta ao festival de St. Patrick’s realizado na praça, com brincadeiras, comidas típicas, cerveja verde e atrações para entreter toda a família.

Outras paradas menores e temáticas se realizam por várias cidades do país, espalhando a tradição do St. Patrick’s Day. 

Porém, apesar da adesão à comemoração, esse evento não é um feriado nacional na Inglaterra, nem na Escócia e no País de Gales, que também são parte do Reino Unido.

St. Patrick’s Day na Austrália

O St. Patrick’s Day australiano é celebrado das ruas aos estabelecimentos e às empresas. 

Algumas companhias organizam cafés da manhã ou almoços com culinária típica nesta data. 

Já os pubs, que não podiam faltar, chamam bandas irlandesas para tocar músicas típicas em festas temáticas regadas a cerveja verde e alegria.

Além disso, em grandes cidades do país, como Sydney e Brisbane, desfiles comemorativos são realizados, a exemplo da Inglaterra. 

Esses desfiles contam com pessoas em trajes típicos irlandeses, muito verde (nas roupas, nos adereços, nas bebidas) e bandeiras da Irlanda. 

Figuras folclóricas como leprechauns também são representados nas fantasias dos participantes.

E, para manter a tradição desse evento viva, associações irlandesas também oferecem a chance de os locais aprenderem mais sobre a história desse país, através de ações de educação sobre a imigração irlandesa na Austrália e em outros países.

Porém, apesar dessa comemoração toda, o país não tornou o dia 17 de março um feriado nacional.


6 curiosidades sobre o St. Patrick’s Day

A comemoração do St. Patrick’s Day mistura lendas, folclore, história e crenças. 

Mas você conhece bem essa tradição? 

Veja algumas curiosidades marcantes da celebração do St. Patrick’s Day.

1. Por que se usa verde no St. Patrick’s Day?

Existem diversos motivos para que o verde seja a cor dominante no St. Patrick’s Day. 

O primeiro deles é que a Irlanda tem o apelido de Ilha Esmeralda. 

Ela é conhecida assim porque as condições climáticas do local fazem com que o país tenha uma mata verde constante ao longo de todo o ano.

O segundo motivo é o uso da cor verde em um momento emblemático da história do país. 

Estamos falando da Rebelião Irlandesa de 1798, quando os católicos e protestantes no país resolveram se revoltar contra o controle da Inglaterra, que era anglicana. 

Para chamar a atenção para esse conflito, o exército rebelde vestiu o verde em 17 de março, o que ajudou a reforçar essa imagem como a cor símbolo do país.

Como a festa de St. Patrick’s Day é uma celebração de um santo padroeiro do país e de vários aspectos da cultura irlandesa, o verde é usado nessa festa em roupas, comidas, bebidas, decoração e tudo o mais. 

2. O que é o chopp verde?

No St. Patrick’s Day, até a cerveja bebida é da cor verde.

Hoje, o chopp é feito com corante alimentício dessa cor, misturado à cerveja normal de todos os dias. 

Porém, conta a lenda que isso nem sempre foi assim.

Acredita-se que, em 1910, a cerveja verde tenha sido criada em Nova Iorque como homenagem ao St. Patrick’s Day.

E seu autor seria um médico que teria colocado acetaldeído para dar o tom. 

Com essa química presente, o sabor teria sido alterado e a bebida faria mal ao estômago, porque o acetaldeído interferiria no processo de fermentação.

Sorte que hoje em dia é possível desfrutar dessa iguaria com o sabor original.

3. É possível beber na rua no St. Patrick’s Day

Por falar em bebida, o que vem à sua cabeça quando pensa em Irlanda? 

Muito chopp e pubs, é claro! 

Mas você sabia que não é permitido beber nas ruas nesse país? Pois é, mas essa regra muda durante a festa de St. Patrick’s Day.

Nesse feriado, celebrar com muita cerveja pelas ruas é uma atitude comum e liberada, sem pagamento de multa.

4. O gigante lucro da Guinness

Ainda falando em bebida, a cervejaria irlandesa Guinness, principal do país, vende cerca de 7,5 milhões de canecas apenas no St. Patrick’s Day. 

Isso significa cerca de 13 milhões de litros da bebida, que é tingida de verde para o feriado.

Com números como esses, não é à toa que a marca apoia e estimula a celebração do St. Patrick’s Day há anos, ajudando a criar a tradição que conhecemos hoje.

5. Cobras na Irlanda são fake news

Apesar de se dizer que São Patrício teria eliminado as cobras da Irlanda, a verdade é que esse país não tem nenhuma espécie de serpente e nem nunca teve. 

Cientificamente, é possível saber que esse tipo de animal nunca existiu na ilha.

Por isso, sabemos que as serpentes que São Patrício teria eliminado eram metafóricas, ou seja, elas representavam a religião celta que ele tanto combateu.

6. Turistas são bem-vindos na comemoração

Você não precisa ser parte de uma comunidade irlandesa pelo mundo para comemorar o St. Patrick’s Day em grande estilo. 

Para participar da parada oficial de comemoração desse feriado na Irlanda, basta acessar o site do evento com alguma antecedência e se inscrever.

Conclusão

Que tal viver a festa de St. Patrick’s Day na Irlanda, nos Estados Unidos ou em algum outro país onde essa data é marcante? 

Certamente, seria uma experiência única! 

Agora, se você prefere ficar aqui pelo Brasil, também é possível encontrar festas e eventos de St. Patrick’s Day em boates e bares do Rio de Janeiro e São Paulo.

Onde quer que você decida curtir o 17 de março e toda a sua cultura, o Grupo Accor tem um hotel para te receber com conforto e qualidade. 

Acesse o nosso site
, escolha o hotel que melhor combinar com o seu gosto e garanta que, depois que a festa acabar, você tenha uma boa noite de sono e descanso!

Você curtiu? Compartilhe!

Por aí

Mais ideias de viagens

Encontre seu destino perfeito

Com o Radar de Viagens

Descubra