Le Magazine Accor Hotels

Dia da Mulher:

o que é e por que é celebrado em 8 de março?

Comemorado todos os anos em 8 de março, o Dia da Mulher pode parecer apenas mais uma data comercial como tantas outras. O que nem todo mundo sabe, porém, é que possui razões mais sérias para existir e que esses propósitos vão muito além de uma simples homenagem. Afinal, não é de hoje que as mulheres desempenham um papel fundamental para o mundo e que merecem ser respeitadas e tratadas com igualdade. Para ajudar a promover essa reflexão sobre a importância da mulher na sociedade e celebrar a data, preparamos este post especial. Nele, você vai entender o que é o dia 8 de março, quais eventos deram origem ao Dia da Mulher e como a ALL - Accor Live Limitless incentiva a equidade de gênero e as lideranças femininas. Acompanhe!

feliz dia da mulher flores

O que é o Dia da Mulher?

Comemorado desde o começo do século 20, o Dia Internacional da Mulher é uma data que destaca a importância da figura feminina na sociedade e também suas conquistas e direitos.

Oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, essa é uma data usada para reivindicar a igualdade de gênero e impulsionar o respeito às mulheres.

Homenageia, principalmente, a luta e as conquistas femininas através da história do mundo.

E, cá entre nós, não foram poucas e merecem ser relembradas.

Contudo, mesmo sendo o Dia da Mulher uma importante celebração em nível global, existem controvérsias sobre sua origem.

E é sobre elas que falaremos a seguir.

empoderamento feminino

Qual foi o objetivo da greve de 1857?

Uma das versões mais conhecidas para a criação do Dia da Mulher foi uma greve realizada por mulheres operárias em Nova Iorque (Estados Unidos), em 1857.

Segundo conta a narrativa histórica, elas teriam se reunido para reivindicar a redução da jornada de trabalho e a criação de uma licença-maternidade.

Naquela época, trabalhava-se muito e ganhava-se pouco, o que teria motivado os protestos.

Na luta por seus direitos, contudo, as operárias teriam morrido em um incêndio criminoso ocorrido na fábrica de tecidos Cotton, supostamente, a mando do diretor.

Mesmo sendo a origem mais popular no mundo, essa tragédia nunca foi comprovada.

Porém, ela aconteceu em um momento de eclosão de passeatas de mulheres nos Estados Unidos, se tornando mola propulsora para a mobilização feminina por seus direitos.

feliz dia da mulher 8 de março

Qual a origem do Dia da Mulher?

Embora a origem da data seja, de fato, ligada à luta de mulheres operárias por seus direitos, o que aconteceu, na verdade, foi um pouco diferente.

As motivações foram parecidas, o que muda, no entanto, são as datas e cenários.

Conforme mostram as comprovações históricas, o Dia da Mulher ganhou forças a partir de greves realizadas por mulheres nos Estados Unidos e na Rússia.

Entenda mais sobre esses dois importantes acontecimentos nos próximos tópicos.

Greves nos Estados Unidos

Mais de 60 anos antes da oficialização do dia 8 de março como o Dia Internacional das Mulheres, cerca de 15 mil mulheres americanas se reuniram para uma greve.

Essa manifestação aconteceu em Nova Iorque, em 1909, e ficou conhecida como Dia da Mulher.

Naquela época, a carga horária de trabalho era exaustiva: trabalhava-se cerca de 14 horas em semanas de seis dias, e o salário era baixíssimo.

Além disso, as condições de trabalho delas eram piores que as dos homens.

Ambos trabalhavam em ambientes tão precários que representavam um cenário propício para o perigo.

Em 25 de março de 1911, então, aconteceu um incêndio na fábrica têxtil Triangle Shirtwaist Company, em Nova Iorque, que matou 125 mulheres e 21 homens.

A comoção com a tragédia foi tão grande que os sindicatos e o movimento trabalhista nos Estados Unidos se fortaleceram após o incidente.

A relação do Dia da Mulher com a Revolução Russa

Já na Rússia de 1917, cerca de 90 mil mulheres trabalhadoras do setor de tecelagem se reuniram para protestar nas ruas.

A fome e a Primeira Guerra Mundial eram as principais motivações da manifestação, que aconteceu no dia 23 de fevereiro do antigo calendário russo e 8 de março no calendário gregoriano.

Por esses motivos, a manifestação ficou conhecida como “Pão e Paz”.

Com a adesão de milhares de pessoas, foi um evento que impulsionou a Revolução Russa.

Após o episódio, o dia 8 de março foi oficializado pelos soviéticos como uma data para comemorar a “mulher heróica e trabalhadora”.

Controvérsias sobre as origens do Dia da Mulher

Embora a origem do Dia da Mulher seja associada ao incêndio na fábrica têxtil, existe ainda outra teoria que diz que a celebração se relacionada a outra data, na Europa.

De acordo com ela, em agosto de 1910, a sindicalista alemã Clara Zetkin, do Partido Comunista Alemão, propôs uma jornada anual de manifestações das mulheres socialistas pela igualdade de direitos.

A data, porém, não foi determinada e o primeiro dia oficial da mulher na Europa foi celebrado no dia 19 de março de 1911.

international women's day

Qual a importância do Dia da Mulher?

Mesmo existindo controvérsias sobre as origens do Dia da Mulher, essa é uma data para reflexão e não apenas destinada a homenagens ou troca de presentes.

Embora tenha se tornado uma data com forte apelo comercial, é um dia de luta pelo empoderamento feminino, equidade e respeito.

Em países como Brasil e Estados Unidos, o dia 8 de março é marcado por protestos organizados por mulheres em suas principais cidades.

Além da igualdade salarial, as bandeiras mais levantadas pelas participantes desses movimentos são a descriminalização do aborto, a cobrança de políticas para combater o feminicídio, entre outras questões urgentes a serem resolvidas.

Ou seja, é um momento que serve para levantar os principais problemas que as mulheres enfrentam e também para aumentar a conscientização sobre a igualdade e a necessidade de respeito.

Principais marcos históricos das conquistas das mulheres no Brasil

Mesmo com uma história marcada pela submissão e violência, é verdade que, com o passar do tempo, a mulher conquistou muitos direitos.

Mas ainda há muito a ser superado.

Vamos relembrar os principais marcos históricos das conquistas das mulheres no Brasil?

No país, o movimento por melhores condições para as mulheres remonta ao começo do século 19.

Em 1813, o baiano Domingos Borges de Barros passou a defender junto às cortes portuguesas a participação da mulher na política.

Já 60 anos depois, em 1873, elas tiveram o direito a frequentar instituições de ensino superior pela primeira vez na história.

Já em 1932, durante o governo do então presidente Getúlio Vargas, as mulheres passaram a ter o direito ao voto.

Lei Maria da Penha

Outro importante marco histórico veio em 7 de agosto de 2006, quando foi sancionada a Lei nº 11.340, conhecida popularmente como Lei Maria da Penha.

Ela é o principal instrumento legal para coibir e punir a violência doméstica praticada contra as mulheres no Brasil.

Seu nome foi uma homenagem à farmacêutica que, por anos, foi vítima de violência doméstica pelo próprio marido.

A lei Maria da Penha é uma importante conquista feminina, ajudando a combater o problema que afeta uma mulher a cada dois minutos em todo o país.

O dado foi divulgado em 2019 durante a realização do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

A luta, no entanto, continua.

abraço interracial de mulheres

Curiosidades sobre o Dia da Mulher

Abaixo, separamos mais algumas curiosidades que destacam a importância do Dia da Mulher para relembrar das lutas e direitos femininos perante a sociedade.

  • Desde 1996, a ONU atribui um tema global para promover uma reflexão mais focada sobre o Dia Internacional da Mulher

  • O primeiro Dia Nacional da Mulher foi comemorado no dia 28 de fevereiro de 1909, nos Estados Unidos, após uma declaração do Partido Socialista da América

  • Com a data reconhecida em mais de 25 países, em alguns deles, é feriado oficial, mas na China, Macedônia, Madagascar e Nepal é um feriado apenas para mulheres

  • No dia 8 de março de 2000, surgiu o maior movimento feminista internacional, conhecido pela sigla MMM ou Marcha Mundial das Mulheres

  • No dia 25 de julho, é comemorado o Dia Nacional de Teresa de Benguela e da Mulher Negra, data instituída em 2014 para homenagear a líder quilombola que viveu no Brasil do século 18

  • No dia 5 de setembro, é celebrado o Dia Internacional da Mulher Indígena, desde 1983, uma homenagem à quéchua Bartolina Sisa, morta durante a rebelião anticolonial de Túpac Katari, na atual Bolívia

  • No dia 25 de novembro, existe ainda o Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, data instituída em 1891 para homenagear as revolucionárias dominicanas Irmãs Mirabal, e oficialmente adotada pela ONU a partir de 1999

  • Nos Estados Unidos, desde 2011, a história da mulher é celebrada durante todo o mês de março, que é conhecido por lá como o “Mês da História da Mulher”.

Iniciativas da AccorHotels

Para promover ainda mais o empoderamento feminino e a igualdade de gêneros no Brasil e no mundo, a AccorHotels desenvolveu uma série de iniciativas.

Conheça mais sobre as principais delas.

Criação do programa Women at AccorHotels Generation

Um dos principais destaques da AccorHotels quando o assunto é promoção da igualdade de gênero e impulsionamento de lideranças femininas foi a criação do programa WAAG (Women at AccorHotels Generation), em 2012.

O WAAG promove atividades como mentoria e incentivo ao protagonismo feminino.

Atualmente, conta com a participação de mais de 4.400 membros em diversos países.

Um importante passo para incentivar o desenvolvimento de novas lideranças femininas dentro da rede hoteleira.

Só na América do Sul, 44% dos gerentes da rede são mulheres.

Já em nível internacional, 56% da força de trabalho é feminina e 51% dos cargos de chefia ou gerência são ocupados por elas.

Números que comprovam o quanto a AccorHotels acredita na diversidade de lideranças como uma impulsionadora da inovação.

Como reflexo do compromisso assumido para promover a equidade de gênero na empresa, a AccorHotels foi escolhida em 2018 como a segunda melhor empresa para mulheres trabalharem.

A premiação foi concedida pelo ranking Great Place to Work (GPTW).

Instalação de espaço exclusivo para funcionárias

Em 2013, o ibis Budget São Paulo Jardins, em São Paulo (SP), ganhou o primeiro espaço exclusivo para colaboradoras.

Carinhosamente chamado de “Cantinho da Mulher”, o ambiente conta com espaço de descanso e beleza e se localiza na área de staff do hotel.

Mais uma iniciativa do programa WAAG a ser multiplicada nos demais hotéis da rede e que reflete as suas premissas.

Participação na campanha mundial HeForShe

Outra iniciativa da rede foi participar da campanha mundial de conscientização e engajamento da igualdade de gêneros HeForShe, criada pela ONU em 2014.

Com o desenvolvimento de um concurso de fotos, a AccorHotels prestou sua homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

Intitulada “Você é uma mulher e suas paixões não conhecem barreiras”, a ação convidou integrantes da companhia a enviarem fotos de suas alegrias.

Tudo isso sem qualquer estereótipo de gênero.

Realização de ações gratuitas nos hotéis da rede

Já em alguns dos hotéis da rede, em geral, são oferecidas atividades gratuitas durante a semana do dia 8 de março.

Chá da tarde, curso de automaquiagem, massagem, reflexologia e workshops costumam a fazer parte da programação voltada às colaboradoras de cada empreendimento.

Ações que reconhecem a importância das mulheres para o sucesso da companhia.

Conclusão

Viu só como o Dia da Mulher significa muito mais do que apenas uma data comercial?

É um dia para refletir sobre a luta feminina por seus direitos e também para admirar a força das mulheres diante dos desafios da atualidade.

Afinal, os obstáculos ainda são muitos.

Mas, juntas ou sozinhas, elas são fortes.

Aí está uma oportunidade a mais para prestar homenagem para as mulheres que convivemos e trabalhamos.

Deixamos aqui registrado toda a nossa admiração e o nosso respeito às colaboradoras de toda a rede, em todas as nossas marcas.

Esperamos que, cada vez mais, tenham oportunidades igualitárias para que continuem a crescer dentro da companhia e a realizarem seus sonhos de vida.

E você, já se envolveu em alguma iniciativa ou quer fazer parte desse movimento em prol da igualdade de gênero e respeito às mulheres?

Então, compartilhe este post nas redes sociais e ajude a fomentar esta rede de empoderamento feminino para que se prolongue por todo o ano.

Afinal, Dia da Mulher é todo dia.

Você curtiu? Compartilhe!

Por aí

Mais ideias de viagens

Encontre seu destino perfeito

Com o Radar de Viagens

Descubra