Ecoturismo: o que é, importância e destinos de turismo sustentável

ecoturismo, turismo sustentável

O ecoturismo é uma ótima opção de viagem para quem quer fugir da correria dos destinos urbanos, além de ser um tipo de turismo mais sustentável. E, no Brasil, não faltam bons lugares para se reconectar com a natureza, conhecer cachoeiras, praticar atividades ou passar alguns dias descansando em meio a muito verde. Entenda melhor o que é o ecoturismo e dicas de onde ir!

O que é ecoturismo

Se você gosta de natureza ou está buscando destinos fora dos grandes centros urbanos, o ecoturismo, também conhecido como turismo ecológico, é uma ótima pedida.

 

Esse tipo de turismo acontece em regiões de muita beleza natural e diferentes ecossistemas. E é um tipo de viagem que proporciona não apenas conhecer novos lugares e fazer passeios variados, mas que também promove uma integração com o meio ambiente.

 

Além disso, o ecoturismo foca na preservação dos recursos naturais do local. E, para reforçar essa consciência, 2002 foi considerado pela ONU como o Ano Internacional do Ecoturismo. A ideia é estimular ainda mais esse tipo de viagem e falar da importância da preservação.

 

Um bom exemplo de ecoturismo no Brasil é o que acontece em Fernando de Noronha. O arquipélago possui algumas regras, fiscalização e realiza um trabalho de conscientização dos turistas.

 

Há uma taxa ambiental que precisa ser paga e que ajuda também a limitar o número de visitantes, para que o destino siga preservado, mesmo sendo um dos mais visitados do país.

 

Outro exemplo é a Chapada Diamantina, na Bahia, com muitas formações rochosas, grutas, lagos, cachoeiras, cânions e outros atrativos. O Parque Nacional da Chapada Diamantina é administrado pelo Instituto Chico Mendes e a recomendação é sempre contratar um guia local.

Quais são os tipos de ecoturismo?

  • Cachoeiras: estão entre os lugares mais procurados para ecoturismo no Brasil, muitas delas com formações de piscinas naturais.

  • Trekking e trilhas: são caminhadas em meio à natureza, em trechos mais tranquilos ou complexos, chegando a lugares com visuais paradisíacos, sejam montanhas ou cachoeiras.

  • Arvorismo: é praticado no alto de árvores, passando por alguns obstáculos e tendo uma vista do ambiente de um ângulo diferente.

  • Rapel: consiste em descer, preso por equipamentos de segurança, por trechos inclinados de montanhas ou cachoeiras, que é mais difícil pelo contato com a água.

  • Cicloturismo: está muito em alta e é semelhante às trilhas, mas feito de bicicleta, principalmente por serras e rotas mais rurais.

Embora haja diferentes tipos de ecoturismo, todos eles têm em comum o fato de proporcionar momentos de intensa conexão com a natureza. A escolha vai depender do estilo de cada viajante, da experiência prática em cada uma dessas aventuras.

Quais são os princípios do ecoturismo?

  • Utilizar, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, cuidando e preservando.

  • Proporcionar boas experiências de viagem para os turistas e a população local, gerando experiências verdadeiras.

  • Incentivar a conservação e conscientizar os viajantes sobre as questões ambientais.

  • Despertar mais consciência sobre a importância da relação com o meio ambiente.

  • Promover o bem-estar da população e diminuir o impacto causado pelo turismo.

  • Fortalecer a economia local, consumindo dos pequenos comércios e contratando os prestadores de serviço.

  • Destinar o dinheiro do turismo para investimentos na conservação ambiental de cada destino.

Por que o Brasil é privilegiado para desenvolver o ecoturismo?

O Brasil tem um território muito rico em paisagens naturais e uma grande biodiversidade, com diferentes tipos de biomas e ecossistemas. Isso faz com que seja um dos melhores países para o turismo de natureza.

Os principais biomas brasileiros são:

  • Amazônia

  • Mata Atlântica

  • Campos Sulinos

  • Caatinga

  • Cerrado

  • Pantanal

  • Zona Costeira e Marítima

O que é turismo sustentável no Brasil?

Embora o turismo sustentável tenha a ver com a harmonia do ser humano com a natureza, é algo que vai além da questão ecológica apenas. São passeios e viagens que levam em consideração as necessidades sociais, econômicas e ambientais de cada local, focando principalmente na sustentabilidade.

O objetivo é sempre atender às necessidades dos turistas sem prejudicar o local nem os seus moradores, mantendo o equilíbrio social, cultural e natural e gerando benefícios. Os pilares que definem o turismo sustentável são:

  • Proteger o meio ambiente

  • Preservar a cultura local de cada destino

  • Realizar uma convivência respeitosa entre turistas e moradores

  • Estimular o desenvolvimento econômico

  • Promover a inclusão social

  • Aumentar o aproveitamento de recursos naturais

Ecoturismo no Brasil: 7 melhores destinos sustentáveis para praticar

O Brasil é um país extenso e muito diverso, o que faz com que tenha também uma grande variedade de destinos de ecoturismo para todos os perfis de viajantes, seja quem busca lugares tranquilos perto da natureza ou os mais aventureiros que querem praticar algumas atividades. Veja algumas sugestões para conhecer.

Nobres (Mato Grosso)

É um destino no Mato Grosso que vem se consolidando como uma ótima opção de turismo sustentável. Nobres tem muitos rios cristalinos, onde é possível fazer flutuações e mergulho, especialmente no Rio Salobra, com muitas espécies de peixes. Tem, ainda, diversas cachoeiras, trilhas e grutas.

 

Onde ficar em Nobres

 

A melhor escolha para quem vai fazer uma viagem a Nobres é ficar em Cuiabá, capital do Mato Grosso, que é a porta de entrada no estado e a cidade com maior estrutura. Uma boa opção é o ibis Cuiabá Shopping, com quartos funcionais e restaurante que serve café da manhã, almoço e jantar. Tem também um bar 24 horas com lanches e drinques.

 

Jalapão (Tocantins)

A 300 km de Palmas, o Jalapão é considerado um dos melhores e mais bonitos destinos de aventura no Brasil e vem conquistando cada vez mais turistas. Entre os cenários estão formações rochosas, dunas, cânions, rios, nascentes e cachoeiras. As principais atividades são canoagem, mergulho e rapel.

 

Onde ficar no Jalapão

 

Para ir ao Jalapão, é necessário passar por Palmas, capital do Tocantins, onde fica o principal aeroporto do estado. A cidade tem muitas opções de hospedagem, como o ibis Styles Palmas, que é bem localizado e tem ótimo custo-benefício.

 

Socorro (São Paulo)

Localizada aos pés da Serra da Mantiqueira e às margens do Rio do Peixe, Socorro é famosa por seus roteiros de aventura. São muitas grutas, montanhas, cachoeiras e fazendas que atraem um grande número de visitantes.

Onde ficar perto de Socorro

A maior cidade da região é Campinas , que fica a pouco mais de 100 km de distância de Socorro, sendo perfeitamente possível fazer um bate e volta para aproveitar o dia praticando ecoturismo. O ibis Campinas e o Mercure Campinas são duas opções de hotéis econômicos com conforto e segurança.  

Bonito (Mato Grosso do Sul)

Bonito, no Mato Grosso do Sul, é presença certa em qualquer lista de melhores destinos de ecoturismo no Brasil. Tem paisagens naturais fantásticas e muitas opções de passeios, com destaque para as flutuações, especialmente a do Rio Sucuri Ecoturismo Bonito, com águas cristalinas e transparentes.

 

Onde ficar em Bonito

 

O centro da cidade de Bonito tem muitas pousadas, lojas e restaurantes. E é a melhor região para ficar, pois é de onde saem os principais passeios organizados pelas agências de turismo locais.

Ibitipoca (Minas Gerais)

Ibitipoca é uma pequena vila no município de Lima Duarte, em Minas Gerais, onde fica o Parque Estadual do Ibitipoca, com muitas cachoeiras, trilhas, grutas e lagos. O número de visitantes no local é limitado, para que a natureza se mantenha preservada.

 

Onde ficar em Ibitipoca

 

Há opções de camping dentro do Parque Estadual do Ibitipoca, tendo um contato maior com a natureza, e várias pousadas no centrinho da vila, que tem um pouco mais de estrutura.

 

Manaus (Amazonas)

Manaus é um bom ponto de partida para quem pretende conhecer diferentes destinos de ecoturismo no estado do Amazonas, com passeios de barco e canoa pelos rios, visitas a comunidades indígenas e ribeirinhas e ida a alguns lugares em meio à floresta, sempre com acompanhamento de guias.

 

Onde ficar em Manaus

 

Como toda grande cidade, Manaus tem estrutura completa de comércio e serviços, além de muitos hotéis e restaurantes variados. Uma boa opção de hospedagem é o Novotel Manaus, com quartos e suítes  climatizados, piscina e a poucos minutos do Encontro das Águas.

 

Ilhabela (São Paulo)

Para quem busca destinos de ecoturismo com praia, Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, é um dos melhores. Além do mar paradisíaco com águas azuis e muitas praias mais reservadas, acessíveis apenas por trilha ou barco, a região também conta com cachoeiras em meio à Mata Atlântica.

 

Onde ficar em Ilhabela

 

Ilhabela tem opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos – das pousadas mais simples, com estilo rústico, às luxuosas, muitas delas de frente para o mar. A região do centro é a mais indicada para quem procura onde ficar.

 

Ao organizar sua viagem de ecoturismo, o mais importante é escolher um destino que tenha a ver com o seu estilo e selecionar as atividades que deseja fazer. Assim você vai criar as melhores memórias em contato com a natureza!