Todos os nossos hotéis em Faro

Faro, a capital da região do Algarve, consegue ser mais tradicional do que a grande maioria das cidades dedicadas ao veraneio, apesar de muitos aqui passarem apenas de passagem, a caminho de uma estância turística.
Vue aérienne d'une plage à Faro

Procurar hotéis em Faro

Reservar ibis Faro Algarve

Faro

Mas Faro tem muito para oferecer. Começando pela agradável marina, parques verdejantes bem preservados e praças, bem como uma pitoresca cidade velha entre muralhas medievais. As ruas sinuosas da cidade velha, revestidas de calçada portuguesa, com praças e edifícios construídos numa mistura de estilos, resultaram de dois grandes terramotos que trouxeram a necessidade de reconstrução.
Faro é uma cidade de museus, igrejas, uma capela de ossos e várias esplanadas agradáveis. À saída de Faro, as belíssimas lagoas do Parque Natural da Ria Formosa e as praias maravilhosas por perto, incluindo a Ilha de Faro a sudoeste e a Ilha da Barreta, também chamada de Ilha Deserta, a sul. Areais a perder de vista, colmatados por dunas e falésias, uma agradável vila histórica e extensões de natureza selvagem, com as habituais descobertas gastronómicas em cada pausa, umas férias em Faro prometem, com a ALL – Accor Live Limitless.

Igrejas de Faro

Uma das mais bonitas igrejas do Algarve é a Igreja de Nossa Senhora do Carmo: uma obra-prima de duas torres barrocas completada em 1719 no reinado de D. João V. Depois do terramoto de 1755, a sua fachada espetacular foi paga com ouro do Brasil, e o interior é de uma riqueza inexplicável. A capela dos ossos, à qual se pode aceder pelas traseiras da igreja, foi construída com os ossos de caveiras de mais de mil monges para recordar a impermanência terrena.
Mas a peça central da Cidade Velha é a Sé, concluída em 1251, mas muito danificada pelo terramoto de 1755. O que se vê agora é uma variedade de elementos do renascimento, góticos e barrocos. Suba à torre para uma bela vista das muralhas da cidade e das ilhas do estuário. A catedral acolhe também o Museu Capitular.
A Igreja de São Francisco é outro destaque da cidade de Faro. As fundações deste mosteiro foram estabelecidas em 1679, com uma expansão nos séculos XVIII e XIX. Atrás da sua fachada branca encontramos um trabalho de madeira fascinante, bem como um interior barroco do século XVIII com azulejos pintados à mão e no teto, representações da vida de São Francisco.

Museus de Faro

O Convento de Nossa Senhora da Assunção, acolhe o Museu Municipal de Faro. Este edifício do século XVI tem como destaque o Mosaico do Oceano do século III, encontrado em 1976, bem como vários artefactos islâmicos domésticos do século IX a XIII, bem como trabalhos de um pintor notável de Faro, Carlos Filipe Porfírio.
No Museu Regional do Algarve, três das quatro salas deste museu acolhem exposições sobre a vida rural no Algarve, incluindo simulações de lojas e casas do século XIX, um barco de pesca em tamanho real, algumas criações de tecelagem e muitas redes de pesca. Na quarta sala, é possível assistir a um espetáculo de folclore.
No Centro Histórico Judaico de Faro, encontramos os mais recentes vestígios da primeira presença judaica em Portugal pós-Inquisição, neste pequeno cemitério judaico usado entre 1838 e 1932 e restaurado em 1992, com 76 lindas campas em mármore. Encontramos também aqui um pequeno museu e a recriação de uma sinagoga.

Arquitetura

Entre na cidade velha pelo neoclássico Arco da Vila, criado em 1912. Aqui, pode-se aceder a uma torre, a partir do posto de turismo, onde é exibida uma exposição sobre o edifício. Do topo, é possível admirar a vista e ver as cegonhas que aí constroem os seus enormes ninhos.
Para sair da cidade velha, pode usar o Arco de Repouso, um arco medieval onde se conta que D. Afonso III terá passado depois de assumir o controlo de Faro conquistado aos Mouros. À volta do portão, temos algumas das secções mais antigas das muralhas da cidade criadas por Afonso III. No extremo sudoeste do Largo da Sé, temos outro arco – o Arco da Porta Nova – que é um pequeno portão do século XV que liga a cidade velha à zona portuária.

As praias e o parque

Na Ilha de Faro, a nove quilómetros do centro, a praia da cidade oferece uma vasta extensão de areia, serviços de apoio a windsurf e kitesurf e uma série de cafés, ou sítios onde alugar um barco em Faro. Na época alta, esta zona está sempre cheia de turistas e locais.
No estuário, encontramos o Parque Natural da Ria Formosa, uma zona de mais de 18 000 hectares que consiste num intrincado sistema de lagoas e ilhas numa extensão de 60 quilómetros ao longo da costa algarvia, da zona oeste de Faro até Cacela Velha. A Ria Formosa inclui uma zona vasta de sapal, salinas, riachos e dunas, e é uma zona importante para algumas aves migratórias.
Não surpreende que a Ria Formosa tenha sido eleita uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal. Na verdade, este parque natural é uma das vistas mais selvagens da costa do Algarve, longe das multidões do verão e dos prédios turísticos que perfazem a linha da cidade à beira-mar. É famosa por incluir tamanha diversidade de ecossistemas, flora e fauna, e várias espécies de aves como a que representa o Parque, a galinha-sultana.

As ilhas

A ilha de Tavira é um dos atrativos durante o verão. A ilha tem cerca de 11 km de extensão e é banhada por águas quentes – em comparação com o resto das praias de Portugal, pelo menos! – e constitui um destino de eleição para quem procura uns dias serenos com banhos de mar. A ilha tem cinco praias: a praia do homem nu, a praia naturista, a praia do barril, a praia da terra estreita e a praia da ilha de Tavira.
Já a ilha de Cabanas, fica a nascente de Tavira e é uma língua de areia estreita não habitada, e também uma das praias mais calmas da Ria Formosa. Fica mesmo em frente a Cabanas de Tavira, uma povoação que remonta às campanhas de pesca do atum e a sua tranquilidade deve-se também ao facto de ter acesso apenas de barco, a partir da marginal de Cabanas.
A ilha da Armona é habitada, mas não tem carros nem estradas. É essencialmente destinada a veraneantes e muitas das suas casas são para alugar durante a época estival. Existem quatro praias: a praia da Armona-Ria, a praia da Armona-Mar, a praia da Fuseta e a praia da Barra Nova.
Por último, mas não menos importante, a península de Cacela, uma língua de dunas que delimita a Ria Formosa, onde encontramos a Praia da Fábrica, também conhecida como Praia de Cacela Velha ou Praia de Cacela. Esta praia, considerada uma das mais bonitas do mundo, é uma língua estreita de areia em permanente mudança pelo movimento do mar e dos ventos.
Na hora de comer, há várias opções de restaurantes na ilha de Faro e nas praias das ilhas circundantes.

Hotéis em Faro

Uma estadia em Faro permite visitar todo o Algarve, e há muitas opções de alojamento por onde escolher em all.accor.com. Aqui, poderá encontrar tudo o que precisa e ter um sítio onde ficar numa das regiões mais bonitas de Portugal, à beira-mar, perto do aeroporto de Faro, e das excursões pela Ria. Seja qual for o programa de sua preferência, comece-o da melhor forma com um sumptuoso pequeno-almoço no hotel! Depois, é hora de visitar o Algarve, a dois, com a família ou até sozinho!